Deputados devem votar reoneração da folha de pagamentos apenas semana que vem

Presidente da Câmara também espera poder instalar as comissões permanentes, que ainda não estão em funcionamento
O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia, afirmou que pretende votar nesta semana o requerimento de urgência para o projeto que altera o sistema de desoneração da folha de pagamentos para a maioria dos setores atualmente beneficiados (PL 8456/17).

Segundo ele, a aprovação da urgência, já pedida pelos líderes partidários desde fevereiro, sinaliza que a proposta poderá ser votada pelo Plenário na semana próxima semana.
O projeto é um dos itens da pauta econômica prioritária para o Executivo. O objetivo é aumentar a arrecadação.
Na semana passada, o deputado Orlando Silva (PCdoB-SP), que é o relator da proposta, disse que vai reduzir o total de 56 setores beneficiados, mas para um número maior que os seis propostos pelo governo.
Rodrigo Maia também defendeu que o governo federal aplique recursos públicos na intervenção no Rio de Janeiro. Segundo ele, a ideia do ministro da Segurança Pública, Raul Jungmann, de pedir dinheiro a empresários do setor privado não é suficiente:
"Talvez para resolver um problema pontual, de um bairro, tudo bem, mas a sociedade já paga impostos e, dentro deles, já há parte importante para financiar a segurança pública. É dentro do Orçamento da União que se encontram as soluções"
Em relação às comissões permanentes, o presidente da Câmara afirmou que continuam as conversas os líderes:
"A gente vai tratar de hoje para amanhã para no máximo instalar na segunda ou terça, se não nesta quinta-feira, que seria o ideal."
Rodrigo Maia também disse que a reunião para instalação da comissão especial sobre a privatização da Eletrobras (PL 9463/18, do Executivo) está mantida para esta terça (13), às 16h. Na semana passada, o ato foi suspenso após ser questionado pela oposição, que promete novamente impedir os trabalhos.
Reportagem - Luiz Gustavo Xavier - Radio Câmara

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Seminário marca início do Mestrado Profissional em Educação da URCA

Cartórios divulgam os nomes mais registrados no Ceará em 2017