terça-feira, 20 de fevereiro de 2018

“Quem pode dar glória a Deus?”, questiona pastor, instantes antes de morrer no púlpito

Um novo caso de morte de um líder evangélico abalou os fiéis da igreja Centro Evangelístico Internacional Mutuá (CEI Mutuá), em São Gonçalo (RJ). O titular da denominação, pastor Walter, faleceu no último domingo, 18 de fevereiro, enquanto pregava sobre os Salmos 119.
“Havia muitas luzes no cenáculo onde estavam juntos. O que eu aprendo com esta palavra é que havia muita luz… Salmo 119 diz: ‘Lâmpada para meus pés é a tua palavra e luz para o meu caminho'”, diz o pastor, fazendo uma breve pausa. “Quem pode dar glória Deus?”, questiona, antes de cair sem vida.
Na página da igreja CEI Mutuá no Facebook, fiéis deixaram mensagens de condolências à família e amigos. “‘Combati o bom combate. Encerrei a carreira . Guardei a Fé.’ 2 Timóteo 4:7. Deus pra si o tomou. Luto. Pastor Walter, homem de honra”, escreveu um dos fiéis.
“Aprouve o Senhor chamar o nobre Pr. Walter para a glória, quero deixar meus sentimentos a todos os familiares, amigos, obreiros e congregados! Vai ficar a saudades mas tendo a certeza que nos encontraremos. Deus permitiu que ele pregasse uma última mensagem de despertamento pra sua igreja, suas últimas palavras foram GLÓRIA A DEUS!”, comentou outro.
O pastor, identificado nas redes sociais apenas como Walter, deixou filhos e esposa.
Confira o vídeo dos últimos momentos de vida do pastor, enquanto pregava:

Assine o Canal

Casos semelhantes

Ao longo dos últimos anos, diversos casos semelhantes ao do pastor Walter foram flagrados pelas câmeras de celulares dos fiéis ou por sistemas de filmagem das igrejas.
Em novembro de 2015, um pastor morreu no púlpito momentos após terminar seu sermão de domingo, na cidade de Fresno, Califórnia (EUA). Eddie Crain tinha 39 anos e era pastor da North Point Community Church. Ele dedicava-se ao trabalho com crianças, mas também conduzia os chamados cultos da família, quando toda a congregação participa.
Crain havia acabado de terminar a mensagem daquele culto, quando deu um passo para trás e caiu no púlpito, já inconsciente. Os fiéis chamaram o socorro médico, mas o pastor foi declarado morto, vítima de um ataque cardíaco. Casado, o pastor deixou esposa e cinco filhos.
Novembro de 2016 marcou a despedida do pastor Jim Watson, que faleceu enquanto cantava um louvor que ele disse ter sido inspirado por Deus. O caso foi registrado na igreja Crossroads Family Fellowship, em Clermont, estado da Flórida (EUA).
Jim Watson estava pregando quando contou à congregação que sentiu o Espírito Santo conduzindo-o a cantar a música In His Presence (“Em sua presença”, em tradução livre), da cantora Sandi Patty.
Quando Watson terminou de cantar a música, ele sofreu um ataque cardíaco fulminante e faleceu ainda no púlpito. O relato foi feito pela esposa do pastor, Lisa. “O pastor Jim era um verdadeiro cavalheiro e exalava o amor de Jesus a todos que conhecia”, comentou o pastor Steven Halford, que lidera uma igreja na Inglaterra.
Já em agosto do ano passado, um pastor faleceu enquanto pregava em um culto, momentos após afirmar que tinha tido uma visão de um caixão no meio da igreja. Testemunhas afirmaram que o sacerdote caiu sem vida instantes depois de revelar o que tinha visto.
O pastor, identificado como Jimme Javier Cherre Lizama, tinha 46 anos de idade e era natural do Peru, com visto de permanência no Brasil até dezembro de 2021. Ele liderava a Igreja Jesus Reis dos Reis, em Parauapebas (PA), e estava no país desde 2011.

O caso mais recente foi o do presbítero Francisco Noronha, que sofreu um ataque cardíaco enquanto pregava, caindo no momento da ministração. Ele foi socorrido pela congregação e levado ao Hospital Regional de Santo Antônio de Jesus (BA), mas não resistiu e acabou falecendo, deixando a esposa e duas filhas.
Gospel +

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comissão externa da Câmara visita Brumadinho na próxima quarta-feira

Uma comissão parlamentar de inquérito (CPI) também poderá investigar o caso a partir de fevereiro Comissão externa da Câmara vai visita...