quarta-feira, 29 de março de 2017

Embrapa inaugura o mais moderno laboratório de segurança da carne da América Latina

Biopec faz Brasil avançar na garantia da qualidade da carne

O ministro da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Blairo Maggi, o presidente da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa), Maurício Lopes e o governador de Mato Grosso do Sul, Reinaldo Azambuja, inauguram nesta quinta-feira, 30, às 14 horas, o mais moderno laboratório de pesquisa em segurança e qualidade da carne da América Latina. Trata-se do Laboratório Multiusuário de Biossegurança para a Pecuária (Biopec), instalado na Embrapa Gado de Corte, em Campo Grande (MS). O Biopec passa a ser a primeira estrutura do Brasil de laboratórios de alto nível de biossegurança para Pesquisa, Desenvolvimento e Inovação (PD&I) em bovinos, aves e suínos, podendo também ser utilizado em outras cadeias produtivas de carne.

O laboratório conta com um conjunto de instalações que aumenta a capacidade do Brasil de garantir a qualidade sanitária dos rebanhos. De acordo com o chefe-geral da Embrapa Gado de Corte, Cleber Soares, “com o Biopec, o Brasil muda de estágio no desenvolvimento de um conjunto significativo de pesquisas em pecuária. Por exemplo: agora será possível fazer, em um mesmo local, no País, pesquisas relacionadas a agentes de alto risco como vírus da febre aftosa, da influenza aviária, da influenza suína, raiva, brucelose, tuberculose”.

Outra novidade é que será possível estudar em um mesmo laboratório bactérias causadoras de tuberculose bovina, botulismo, antrax, salmonelose e de intoxicações alimentares. Será possível, ainda, desenvolver testes e vacinas para doenças como a brucelose e trabalhos de pesquisa com príons (proteínas) causadores de encefalopatias espongiformes (vaca-louca e scrapie), sempre de acordo com as mais avançadas normas de biossegurança do mundo.

O Biopec está configurado para trabalhar com patógenos de animais, mas pode atender micro-organismos agrícolas. O laboratório é do tipo multiusuário e seu gerenciamento torna possível que parceiros possam fazer uso de toda sua estrutura.

A área total do laboratório é de aproximadamente 1.000 m2, dos quais 500 m2 com infraestrutura contendo área de contenção em biossegurança nível 2 e nível 3, além de uma inédita estrutura para biotério de manutenção e experimentação animal Nível 3.
A previsão é que comece a funcionar em abril, com início de operação pelas salas de apoio, onde há infraestrutura em biologia molecular e para operações de suporte. Logo depois começa o funcionamento dos laboratórios dos níveis mais avançados e o biotério de experimentação.

Para a construção do Laboratório Multiusuário de Biossegurança para Pecuária (Biopec) foram investidos R$ 10 milhões. Os recursos têm como origem o orçamento da Embrapa e a Financiadora de Estudos e Projetos (Finep).
_________________________________________________________________

Serviço:
Inauguração do Laboratório Multiusuário de Biossegurança para a Pecuária (Biopec)
Local: Embrapa Gado de Corte: Avenida Rádio Maia, 830, Zona Rural – 79106 550 Campo Grande MS
Data: 30/03/2017
Horário: 14h00
Secom / Embrapa

terça-feira, 28 de março de 2017

I Semana de Teatro da URCA é aberta no Teatro Marquise Branca

A I Semana do Curso de Licenciatura em Teatro da Universidade Regional do Cariri (URCA), uma realização do curso de Teatro com apoio das Pró-Reitorias de Extensão e de Desenvolvimento Universitário, foi aberta na noite de ontem (27/03) no Teatro Marquise Branca, em Juazeiro do Norte, com uma alvorada festiva que partiu do Centro de Artes, no Pirajá, e seguiu para o Teatro Marquise Branca. Em seguida, o evento foi aberto pelo Reitor em Exercício da URCA, professor  Francisco do O’ de Lima Júnior. A noite encerrou com o espetáculo “O menino do tambor”, com direção de Drica Santos. O evento acontece dentro da Semana Internacional de Teatro e conta com programação diversificada para o público em geral até amanhã (29/03).

O Reitor ressaltou a importância do evento e a riqueza das discussões trazidas para a Universidade. “É a partir das discussões investidas nos cursos, departamentos e mobilizada pelas demandas dos alunos que a gente cresce nas reflexões maiores que colocam a URCA na agenda de eventos que saem da órbita da Universidade e a coloca no roteiro dos grandes eventos. Pra mim, essas Semanas são maiores que ouros grandes eventos”, avaliou o Reitor.

Durante os dias do evento estão sendo oferecidas oficinas, rodas de saberes além de exposições fotográficas, palestras e lançamento do Programa de Extensão Curtas Cenas.   O encerramento se dará com uma noite de autógrafos “Três pontos sem final” da professora Cecília Raiffer (URCA) e “Antonin Artaud: por uma cultura da crueldade” da professora, Maisy Freitas (UFRN).

A programação completa pode ser conferida abaixo:



-- 
Fotos: Assessoria de Comunicação
Universidade Regional do Cariri  (URCA)
Núcleo de Comunicação

segunda-feira, 27 de março de 2017

As manifestações e a vontade do povo

   A baixa adesão às manifestações convocadas para o domingo, 26 de março, mostra que a população não quer ser usada como massa de manobra de grupos que buscam objetivos políticos e podem estar atuando na defesa ou ataque e a serviço de alguém – pessoa ou partido – rumo às próximas eleições. Aquele 1,4 milhão de pessoas que compareceu ao ato pelo impeachment de Dilma Rousseff, ficou reduzido a 10 mil pessoas pelo apoio à Lava Jato, contra o foro privilegiado e outras bandeiras agora agitadas. Fica claro que a convocação foi precipitada e a população está mais preocupada com os próprios problemas do que com as teses gerais e, principalmente, em apoiar as instituições para que estas cumpram suas obrigações.
                Ao contrário do momento em que todos queriam a destituição de Dilma Rousseff, hoje os brasileiros querem que, como entidades consolidadas e respeitadas que são, a Justiça, o Ministério Público e a Polícia Federal cumpram estritamente suas missões não só na Operação Lava Jato, mas em tudo o que for de sua alçada. Da mesma forma, esperam que o governo reative a economia, faça as reformas e, principalmente, não seja insensível ao ponto de penalizar o povo através da retirada de direitos adquiridos. Aspiram, ainda, que os políticos atuem com decência e responsabilidade e que, se não o fizerem, as instâncias do poder sejam capazes de puni-los e restituir o império da dignidade, da ordem e da lei. Convocar a força da manifestação popular deve ser algo extremo, guardado para os momentos críticos, quando tudo estiver fora de perspectiva. Ainda mais: a história atesta que quando esse momento chega, o próprio povo se manifesta, sem a necessidade de chamamento.
                Os diferentes movimentos reivindicatórios precisam tirar lições desse 26 de março. Diferente do que muitos podem pensar, o povo não é manipulável e, quando não vê motivos, simplesmente não comparece. As autoridades também devem ficar atentas para o cumprimento de sua obrigação de garantir ao cidadão o seu direito de ir e vir e o acesso aos diferentes pontos da cidade, especialmente aos serviços de saúde e emergência. Aproveitando a demonstração de que a população, legítima dona de tudo, não quer atos e manifestações, impedir e aplicar os rigores da lei sobre aqueles que insistem em interromper vias públicas e caotizar a vida da cidade sob o pretexto de divulgar e afirmar suas teses. O direito à livre manifestação é constitucional, mas não pode esbarrar no direito de mobilidade da população ou desrespeitar a propriedade alheia. Sempre que isso acontece, é caso de polícia e justiça e não pode ser perdoado...

Tenente Dirceu Cardoso Gonçalves - dirigente da ASPOMIL (Associação de Assist. Social dos Policiais Militares de São Paulo) 

domingo, 26 de março de 2017

Primeira Brinquedopraça do Ceará é inaugurada em Juazeiro do Norte

A primeira BrinquedoPraça do Ceará foi entregue a Juazeiro do Norte, na tarde do domingo, 26, pela Primeira-Dama do Estado e idealizadora do projeto, Onélia Leite Santana, pelo Prefeito Arnon Bezerra e Secretária de Desenvolvimento Social e Trabalho, Isabela Bezerra. O local escolhido para a instalação do equipamento foi a Praça José Geraldo da Cruz, no bairro Franciscanos. Com grande expectativa da população, a BrinquedoPraça foi entregue neste domingo, não apenas às crianças, mas às famílias de Juazeiro do Norte, para que os vínculos comunitários e familiares possam ser fortalecidos através do incentivo à apropriação dos espaços públicos.
O Prefeito Arnon Bezerra, agradeceu a parceria e confiança do Governo do Estado e disse ser o Programa Mais Infância Ceará, uma inspiração para o desenvolvimento de projetos em Juazeiro do Norte. “Estamos entregando esse equipamento às crianças, com a certeza de que mais projetos como esse sejam desenvolvidos através da Secretaria de Desenvolvimento Social e Trabalho. Estamos extremamente gratos ao trabalho que o governador Camilo Santana e sua esposa Onélia estão desenvolvendo pelo nosso Cariri”, afirmou.
A Primeira-Dama convidou a população a trazer as crianças para usufruir e zelar o equipamento. “A gente compreende que a criança brincando, ela está socializando e desenvolvendo as habilidades físicas, cognitivas e emocionais. Então, cuidem deste espaço porque é de vocês”, disse ela afirmando que está em andamento o projeto da construção de um espaço de lazer completo, com pista de skate, quadra de futebol e mais espaços para as crianças, um pedido também feito pelo prefeito Arnon Bezerra ao governador.
A Secretária de Desenvolvimento Social e Trabalho, Isabela Bezerra, também agradeceu à Primeira-Dama esse olhar mais sensível com as crianças do nosso Estado. “O Programa Mais Infância Ceará vem para ensinar às nossas crianças o valor do respeito, da socialização, do compartilhar. Muito semelhante ao trabalho da nossa gestão, que está sendo pautado no olhar social com as crianças, mulheres, idosos, homens e as pessoas com deficiência. Não mediremos esforços para continuar a mostrar resultados”, afirmou.  
As crianças que estiveram no local do evento, puderam usar a criatividade nos desenhos e pinturas, curtir a apresentação de grupos musicais e teatro, além, é claro, de se divertirem no equipamento com cerca de 200m², com casinha dupla com dois escorregadores, casinha dupla com um escorregador, duas gangorras, dois cavalinhos de mola e escorregador com balanço triplo.
ASCOM Juazeiro

Repercussão simpósio Padre Cícero


Simpósio de Padre Cícero tem repercussão positiva e uma carta será entregue ao bispo diocesano  
A repercussão é das mais positivas em torno do V Simpósio Internacional sobre o Padre Cícero: "Reconciliação... e agora?", que reuniu conferencistas de renome nacional e internacional no Memorial em Juazeiro do Norte. O evento culminou com uma “Carta do Simpósio” assinada por todos os participantes a qual será entregue ao bispo diocesano de Crato, dom Gilberto Pastana. Segundo a coordenadora, Fátima Pinho, um documento pactuado considerando a necessidade da continuação do processo.  
    Um dos pontos do texto, leva em consideração os muitos milagres de Padre Cícero ao longo dos tempos e não apenas o sangramento da hóstia na boca da beata Maria de Araújo, mas que pleiteia esclarecimentos definitivos. A sugestão é no sentido de se formar uma nova comissão de estudos em torno da vida e obra missionária de Padre Cícero, “a fim de uma melhor compreensão do contexto dos milagres e o reconhecimento de suas virtudes heróicas”.  
     O bispo emérito da diocese de Crato, dom Fernando Panico, foi o presidente de honra do evento que considerou bem preparado, estudado e realizado. Ele confessou a sua felicidade ao término do simpósio na tarde da última sexta-feira, observando ter sido um passo significativo envolvendo academia, Igreja e toda a nação romeira. Por isso, concorda com a necessidade de se levar mais adiante de maneira a progredirmos em torno desses fenômenos que aqui ocorreram e ocorrem.​  
      Já a Irmã Annette Dumoulin foi um tanto mais exigente e apontando “altos e baixos, porém com momentos extraordinários”. Ela participou ativamente de todos os atos do simpósio e, na abertura, foi aplaudida de pé e demoradamente pela platéia. No entendimento da religiosa, alguns dos palestrantes tinham mais sensibilidade e conhecimento de causa em torno da realidade local, enquanto outros reuniam bastante conhecimento científico, mas não entraram no mistério de Juazeiro conforme se esperava.
(padrecicero2017@bol.com.br)

Polícia Federal, é o bem do Brasil

Nem mesmo o mais ingênuo policial federal tem dúvidas de que 99% dos políticos gostariam de ver um freio na força que a instituição conseguiu no Brasil ao passar dos anos. São operações complexas, e a cada dia cresce a hierarquia de empresas e instituições gigantescas pescadas pelos grampos da Federal.
Os de “baixo” regozijam-se a cada peixe grande pendurado no “anzol” da Polícia Federal, seguindo sem espernear. Parecem perceber o que é “ser gente”. Têm noção da enrascada que estão se metendo, da seriedade e do preparo da Polícia Federal. Sabem que dificilmente juízes e tribunais dóceis terão argumentos para livrá-los de pagarem pelo que fizeram, como a prisão domiciliar da mulher do ex-governador do Rio de Janeiro. Só os filhos dela sentem falta de mãe.
A PF se tornou a instituição que mais inspira confiança aos brasileiros. E está preparada para os ataques virulentos dessa gente graúda, acostumada a comer o dinheiro da viúva impunimente. E, também, da investida da grande mídia, convenientemente do lado do poder político e do econômico.
Com a deflagração da Operação Carne Fraca o corporativismo se manifesta de forma impiedosa, compreensível de parte da mídia, pelos milhões que recebiam para exibir famosos estimulando o consumo de carne, pouco importando se está estragada ou não. Deveriam ser cobrados por isso quando aparecessem em público.
A crítica mais contundente seria quanto à forma “espalhafatosa e midiática” na apresentação da Operação e da generalização. Nenhum crítico aponta a forma e proporção corretas de como essas apresentações deveriam ser realizadas. Nem se dão conta de que o estardalhaço é feito pela própria mídia. São públicas, porque assim devem ser todos os atos da Administração Pública. Essa casta brasileira não está acostumada com as ações às claras. Se as apresentações fossem discretas seriam criticadas por falta de publicidade. E o governo gostaria que fosse sigilosa para acobertar tudo. Seguiria a cartilha de quem ensinou “que a gente mostra o bom e esconde o ruim”.
Se há generalização, essa ou vem da mídia ou de quem recebe a notícia. São poucos frigoríficos perto da imensidão, diz o presidente da República, citando números. Sua Excelência não menciona quantos foram investigados desse universo. E rebate apontando o rigor na fiscalização. Se tem uma coisa que não funciona neste país é qualquer órgão fiscalizador, a não ser a Receita Federal sobre os mortais, uma vez que os de cima levam milhões sem nenhum incômodo.
Também se queixam da falta de aviso prévio ao Ministro da Agricultura. É como colocar um investigado para presidir a Comissão de Constituição e Justiça do Senado; ou a raposa tomando conta do galinheiro. Quando a Polícia Federal agir assim, sua reputação vai para a lata do lixo, como os políticos atuais, considerando a regra.
Como sempre no Brasil, o governo se encarregou de tomar todas as medidas, sendo a principal, apertar a fiscalização. Com isso, dá o atestado de que, se apertou depois das denúncias, é porque estava frouxa.
Fala-se em casos pontuais, mas se esquece de que no Brasil só não detecta corrupção até a chegada da Federal. Agora, a PF precisa apenas estender as operações para pegar alguns nichos, em especial a própria mídia, a área da medicina, da educação, e suas merendas, entre outros.
Pior de todo o episódio foi não demonstraram preocupação nenhuma com os 80% de consumidores internos. Todas as preocupações, medidas e atenções foram para os 20% exportados. Por eles, os brasileiros comeriam carne estragada pelo resto da vida.
O governo federal tem se mostrado o principal opositor da Polícia Federal e do Ministério Público, assim como de quaisquer instituições públicas que funcionem bem.

Pedro Cardos da Costa – Interlagos/SP
   Bacharel em direito

sábado, 25 de março de 2017

Prazo de inscrição para apoio a projetos de infraestrutura termina dia 31

Os tipos de projetos que podem ser financiados com recursos do MTur estão descritos na portaria 39 de 2017
Termina na próxima sexta-feira, 31 de março, o prazo para o cadastramento de propostas das instituições interessadas no financiamento de projetos de infraestrutura turística com recursos do Ministério do Turismo.  Serão elegíveis propostas do Distrito Federal, de governos estaduais e municipais, empresas e consórcios públicos, que deverão ser inscritas no Sistema de Convênios do Governo Federal (Siconv).
 
Esta é a primeira chamada pública do ano para projetos infraestrutura turística. São passíveis de apoio projetos que vão desde sinalização turística, reforma de mirantes e de portais, até a construção de portos, aeroportos, equipamentos de turismo náutico, centros de convenções, pavimentação de vias de acesso a atrativos turísticos, entre outros. O valor mínimo de cada projeto é de R$ 250,00.
 
“A inscrição no Siconv é um passo primordial para os destinos que desejam receber apoio financeiro do Ministério do Turismo para suas obras de infraestrutura turística. Por isso, é importante que todos aqueles elegíveis para o processo respeitem os prazos e submetam seus projetos”, orientou o ministro do Turismo, Marx Beltrão.
 
Os tipos de projetos que podem ser financiados com recursos do MTur estão definidos na Portaria 39 de 10 de março de 2017, que revogou a Portaria 182/2016.  A portaria estabelece regras e critérios para a formalização de instrumentos de transferência voluntária de recursos para execução de projetos e atividades previstas no escopo de trabalho do Ministério do Turismo.
 
PROCEDIMENTOS – O código do programa é 5400020170004. A proposta é voluntária, ou seja, não depende de emenda parlamentar. No momento da inclusão no sistema, após o cadastramento da mesma no Siconv, o proponente deve escolher a opção “enviar para análise”. O processo só será concluído após a escolha desta opção.


Teólogo Leonardo Boff diz acreditar numa breve beatificação de Padre Cícero


  Para o escritor e teólogo Leonardo Boff, após a beatificação de Dom Óscar Romero de San Salvador, ocorrida há 2 anos, vira a do Padre Cícero Romão Batista. Ele foi o último conferencista do V Simpósio Internacional sobre o Padre Cícero: "Reconciliação... e agora?" quando terminou aplaudido de pé por uma platéia que lotou o Memorial na tarde desta sexta-feira. Ele pediu viva para o sacerdote e disse que o mesmo será santo da Igreja universal e não apenas do sertão do Ceará.  
       Na sua Conferência sob o tema: "Padre Cícero à luz do Papa Francisco", Boff considerou a reconciliação algo muito forte e que expressa a vontade do Papa salientando que todos podem alimentar a esperança de vê-lo beatificado e canonizado “o que não será novidade para o Padre Cícero que já é santo”. Em sua fala, constitui etapas na vida do sacerdote que passam pelo sonho que teve, a vinda em definitivo para Juazeiro, os conflitos enfrentados com o sangramento da hóstia e o padre político.  
      Ganhando novamente muitos aplausos, o teólogo Leonardo Boff admoestou que “não é apenas canonizar o Padre Cícero, mas fazer justiça às mulheres beatificando e santificando Maria de Araújo que é santa e faz milagres”. Para o conferencista, o Bispo do Ceará dom Joaquim Vieira foi “duro” com Padre Cícero como “duro” foi o julgamento do sacerdote que até chegou a ser excomungado fato jamais publicado. Boff historiou que ele tinha uma convivência direta com o povo, visitando casas e sítios e dando orientações e conselhos.  
      Com o fechamento das portas pela Igreja – acrescentou o conferencista – Padre Cícero trilhou no caminho da política para não perder de vista a sua opção pelos pobres. Nesse contexto, Leonardo Boff argumentou sobre sua atuação em prol do bem comum com foco na educação e geração de emprego e renda. Elogiou ainda a visão ambientalista do sacerdote quando citou os seus preceitos ecológicos. Na sessão de encerramento do simpósio falaram o Secretário de Cultura de Juazeiro, Alemberg Quindins, em nome do prefeito Arnon Bezerra; a presidente da comissão organizadora, Fátima Pinho; e o reitor em exercício da Universidade Regional do Cariri, Francisco do O de Lima Júnior.

sexta-feira, 24 de março de 2017

MEGA-SENA PROMETE PAGAR R$ 16 MILHÕES NESTE SÁBADO

Prêmio pode render R$ 84 mil mensais se aplicado na Poupança da CAIXA
A Mega-Sena sorteia, neste sábado (25), o prêmio de R$ 16 milhões. O sorteio do concurso 1.915 será às 20h, em Teodoro Sampaio (SP), onde está estacionado o Caminhão da Sorte.
Se o valor total do prêmio for aplicado na Poupança da CAIXA, o apostador que acertar sozinho os seis números da sorte pode receber um rendimento de R$ 84 mil por mês. Também é possível adquirir seis franquias de marcas consolidadas no mercado ou 17 casas de R$ 900 mil cada.
A aposta mínima na Mega-Sena é de R$ 3,50 e pode ser feita em qualquer lotérica do país. Clientes com acesso ao Internet Banking CAIXA podem fazer suas apostas na Mega-Sena pelo computador pessoal, tablet ou smartphone. Basta ter conta corrente na CAIXA e ser maior de 18 anos. O serviço funciona das 8h às 22h (horário de Brasília), exceto em dias de sorteio, quando as apostas se encerram às 19h, retornando às 21h para o concurso seguinte.
Dupla de Páscoa:
As apostas para a Dupla de Páscoa estão abertas e podem ser registradas em qualquer unidade lotérica do país, por meio de volante específico da modalidade. O prêmio, estimado em R$ 20 milhões, será sorteado no dia 15 de abril.
As apostas paralelas vão até o dia 6 de abril. A partir do dia 7, todas as apostas concorrerão para a Dupla de Páscoa, inclusive as registradas em volantes regulares da Dupla-Sena. As apostas poderão ser feitas até às 19h do dia 15 de abril.
24/03/2017
Assessoria de Imprensa da CAIXA

Prefeito de Salgueiro se reune com o prefeito de Penaforte para discutir limite de municípios

Na última quarta-feira, 22, os prefeitos de Salgueiro-PE, Clebel Cordeiro, e de Penaforte-CE, Agábio Sampaio, se reuniram na comunidade conhecida como “Malícia” que pertence ao 4º Distrito municipal de Salgueiro e fica nos limites entre os dois territórios para discutir qual a melhor opção administrativa para os habitantes da localidade. Além dos representantes dos dois municípios, os moradores da vila também estavam presentes para da suas opiniões sobre o assunto.

Não se trata de uma mera questão territorial”, observa o prefeito de Salgueiro. “O que se discute são os serviços oferecidos pelos dois municípios, o que muitas vezes gera confusão em áreas como saúde, educação e infraestrutura. Não vemos como impasse, vemos como uma busca de solução para melhor atender ao povo dessa comunidade”.

A comunidade da Malícia, territorialmente, pertence em sua maior parte ao município de Salgueiro, porém está bastante próxima da cidade de Penaforte no Ceará. A questão abrange não só duas prefeituras, mas também dois governos estaduais já que se tratam de cidades de Pernambuco e Ceará.

Os dois gestores concordam que a própria população chegue a um consenso geral e optem por cerem administradas por uma das duas cidades.

Aqui não há disputas por território, o que queremos é o povo dessa vila sendo bem atendido com serviços essenciais, e o local de registro de cada cidadão precisa estar bem definido enquanto localidade, porque isso implica em cotas de verbas federais”, acrescentou Clebel Cordeiro, e finalizou dizendo que o município de Salgueiro está a disposição dos moradores e de sua decisão.


Foto: Uol Notícias
Fonte: SALGUEIRO NOTÍCIAS

quinta-feira, 23 de março de 2017

Corrida Padre Cícero completa 35 anos

A Corrida Padre Cícero completa neste ano 35 anos desde sua fundação em 1982, pelo radialista Luiz Carlos. A corrida acompanhou o crescimento de Juazeiro do Norte e se tornou uma das mais importantes corridas de rua do interior do Nordeste. Em 2013, passou a ser validada pela Confederação Brasileira de Atletismo (CBA) e pela Federação Cearense de Atletismo (FCA).
O fato dela ser validada pela CBA e FCA, garante pontuação aos campeões no ranking nacional, para que esses possam correr em provas nacionais e até internacionais, como a São Silvestre. A Secretaria de Esporte, Juventude e Cultura (Sejuc) iniciou os preparativos para a 35ª edição da Corrida Padre Cícero em meados de janeiro. Foram muitas reuniões para tornar realidade o grandioso projeto do evento. O Tiro de Guerra 10-005, Corpo de Bombeiros, Guarda Civil Municipal, Departamento Municipal de Trânsito (Demutran), Polícia Militar, Secretaria de Saúde, Secretaria de Segurança Pública e Cidadania, Escoteiros Iva Emídio Gondim e Grupo de Resgate Voluntário, são parceiros na logística da corrida.
Este ano, a corrida contará com 1.200 atletas inscritos nas 32 categorias divididas em masculino e feminino e nos percursos de 05, 10 e 15 quilômetros, definidas pelo critério de idade. Além desses, quem não conseguiu se inscrever e mesmo assim quer participar da Corrida Padre Cícero, pode correr na chamada Pipoca. Participarão do evento, mas não receberão camisa, premiação em dinheiro, medalha e nem terão o tempo computado. A 35ª edição da Corrida Padre Cícero acontece no dia 26 de março. As largadas serão simultâneas, da Praça da Sé, Crato (15km), rotatória da Petrobras, Crato (10km) e Ginásio Poliesportivo, Juazeiro do Norte (5km).
A premiação para as categorias Elite Local – 15km, masculino e feminino e Geral 15km, masculino e feminino, será de R$ 1.500,00 para o campeão, R$ 1.000,00 para o segundo colocado e R$ 800,00 para o terceiro colocado. Nas outras 28 categorias a premiação será de R$ 300,00 para o campeão, R$ 200,00 para o segundo colocado e R$ 100,00 para o terceiro colocado, como previsto no regulamento. O radialista e criador da corrida Luiz Carlos, será homenageado na cerimônia de premiação dos campeões da corrida. Junto com ele, os atletas Cicero Pinheiro, o Animal, e Jocélio da Silva, também serão homenageados. Jocélio é o maior campeão da história da corrida e Cicero Pinheiro o atleta que obteve os melhores índices técnicos.
No dia 25 de março, um dia antes da corrida, acontecerá a entrega dos kits, no Ginásio Poliesportivo, das 8h às 17h. Cada participante deverá doar 2 kg de alimentos não perecíveis para validar sua inscrição. A população juazeirense também é convidada para este ato de solidariedade, já que os alimentos serão destinados para a Secretaria de Desenvolvimento Social e Trabalho. Boa parte será doada para as vítimas da enchente na cidade de Assaré e a outra parte ficará no Banco de Alimentos de Juazeiro do Norte.

quarta-feira, 22 de março de 2017

SIMPÓSIO INTERNACIONAL SOBRE PADRE CÍCERO

Arcebispo de Maceió aponta semelhanças entre os princípios de Padre Ibiapina e Padre Cícero

    Para o Arcebispo de Maceió (AL), dom Antonio Muniz Fernandes, Padre Cícero não está desligado do princípio apostólico do Padre Ibiapina e suas vidas se cruzam. A afirmação foi feita na manhã desta quarta-feira durante a Mesa Redonda: "Romeiras e Romeiros: Juventude e Gênero" no V Simpósio Internacional sobre o Padre Cícero: "Reconciliação... e agora?", que acontece em Juazeiro. Os debatedores foram os professores Sávio Cordeiro e Adriana Simião da Silva (URCA) e Maria das Graças de Oliveira Costa Ribeiro (IFCE).

     Não obstante ter sido um grande nomes do clero nacional, Dom Muniz observou que Ibiapina foi esquecido ao passo que a nação romeira jamais esqueceu o padre caririense. Conforme o Arcebispo, ele foi afastado da cena e renasceu pela devoção e admiração de estados próximos quando o Ceará foi junto. Dom Muniz defendeu ainda um resgate das figuras superioras da Casa de Caridade que, como disse, o Padre Cícero escolhia de forma exemplar.

       Na sua fala, a professora Maria das Graças discorreu sobre as cartas que chegam para o Padre Cícero em Juazeiro enviadas por pessoas de vários lugares do pais que não puderam vir. Os conteúdos são de desabafos, pedidos por meio da intercessão do sacerdote junto aos santos e agradecimentos chamando a atenção para um grande número de correspondências de jovens. São desde apelos para se livrar da feiúra ou aprovações em concursos, quanto ligadas a relacionamentos até homoafetivos ou de políticos que almejam vencer eleições.

     Já o professor Sávio Cordeiro opinou que a romaria tem muito de sacrifícios pessoais e, na sua exposição, considerou o avanço dos evangélicos como “agressivo, inescrupuloso e mercantil”. Antes, a professora Adriana Simeão tratou sobre a pesquisa em torno das experiências sócio religiosas das mulheres que vem ao Juazeiro a qual transformou no livro: “Vidas e Romarias”. Ela confessou encantamento com o caldeirão das manifestações dentro de práticas de um catolicismo popular que remonta ao tempo de Padre Cícero.

      Apesar da conferência de Leonardo Boff estar agendada para às 15 horas de sexta-feira sob o tema: "Padre Cícero à luz do Papa Francisco", ele já desembarca na noite desta quarta-feira em Juazeiro do Norte. Quem desejar ouvi-lo e participar dos debates poderá se inscrever no Memorial Padre Cícero pagando apenas R$ 35,00 já que não será possível abrir as portas ao público. Leonardo Boff já esteve outras duas vezes em Juazeiro, sendo a primeira em 2001 quando veio conhecer de perto a espiritualidade dos romeiros. 
padrecicero2017@bol.com.br

Ano letivo 2017 começa na segunda-feira, dia 03 de abril

A Secretaria de Educação de Juazeiro do Norte dará início ao ano letivo de 2017 no próximo dia 03 de abril.  Desde a segunda-feira, 20 de março, a Secretaria de Educação vem realizando ações técnico-administrativas com intuito de organizar as atividades dos servidores municipais da educação para o início do novo ano. Entre as ações, está a definição do quadro de gestores das escolas da Rede Municipal de Ensino.
 Desde o início deste ano, a Secretaria de Educação vem concentrando esforços para a conclusão das atividades referentes ao ano de 2016, atrasado por conta da greve dos professores no ano passado, e a preparação para ano letivo 2017.
Durante esse período, a Secretaria Maria Loureto de Lima, esteve visitando escolas e avaliando o desempenho das equipes pedagógicas à frente das unidades escolares, diagnosticando também a infraestrutura dos prédios e, resolvendo, junto ao setor de licitações da Prefeitura, a questão da merenda escolar.

sábado, 18 de março de 2017

Conferencistas do Simpósio Internacional sobre o Padre Cícero começam a chegar ao Cariri

Candace Slater concedendo entrevista ao lado do professor José Carlos

  Alguns dos conferencistas convidados a participarem do V Simpósio Internacional sobre o Padre Cícero: "Reconciliação... e agora?" já estão chegando à região do Cariri. É o caso da professora Candace Slater da Universidade de Berkeley nos Estados Unidos, que será a responsável pela conferência: "Algumas respostas dos romeiros à reconciliação" prevista para às 16 horas da próxima quarta-feira, dia 22 de março.

sexta-feira, 17 de março de 2017

Reforma (da previdência) e o tiro no pé

 O Brasil vive nestes dias um grande impasse, que pode se alongar por meses e até invadir o ano eleitoral de 2018. A PEC (Proposta de Emenda Constitucional) de reforma da previdência, que o presidente Michel Temer e sua equipe econômica insistem em fazer passar pelo Congresso Nacional, já recebeu mais de cem emendas na Câmara dos Deputados e sofre as mais severas críticas não só da oposição, mas também de aliados do governo. Mesmo assim, o presidente da Câmara, governista incondicional, insiste que não se emende a proposta governamental e promete trabalhar pela sua votação com a maior rapidez, mesmo com a sociedade e os trabalhadores apreensivos. O mais grave é que Temer, com seu poder de articulação, poderá obter a aprovação da matéria à revelia do que pensa e quer o povo.

quinta-feira, 16 de março de 2017

Guilherme Landim participa em Brasília de debate sobre vaquejada; Saiba mais

Guilherme Landim participa em Brasília de debate sobre vaquejada
 | Foto Divulgação
A Comissão Especial da Câmara dos Deputados Federais, esteve reunida nesta quarta-feira (15/mar) para deliberar sobre Vaquejadas, em uma audiência pública, a pedido do relator, Deputado Paulo Azi (DEM-BA). O colegiado analisa as propostas de emenda à Constituição (PEC) 270/16 e 304/17.

terça-feira, 14 de março de 2017

LÉO XAVIER LANÇA “VIDA DE AMANTE”, PRIMEIRO CD DA CARREIRA

O cantor Léo Xavier acaba de lançar o primeiro CD da carreira, “Vida de Amante”. Composto por 12 faixas diversificadas que mesclam canções românticas, músicas de balada e sofrência, o CD é resultado de quatro anos de muito trabalho e dedicação, além de experiências adquiridas com grandes nomes da música sertaneja brasileira, como o compositor Marco Aurélio e o produtor Ivan Miyazato, que foram responsáveis também por músicas de sucesso de artistas como Michel Teló, Bruno e Marrone, César Menotti e Fabiano, Gusttavo Lima, Luan Santana, Maria Cecília e Rodolfo, entre outros. 

quarta-feira, 8 de março de 2017

Estácio FMJ realiza atendimentos e orientações ao público feminino no Dia Internacional da Mulher

A programação acontece das 8 horas às 12 horas, na instituição, em Juazeiro do Norte, com atendimento gratuito
A Faculdade Estácio FMJ, em Juazeiro do Norte, realiza nesta quarta-feira (08) uma programação alusiva ao Dia Internacional da Mulher. Entre 8 e 12 horas serão ofertados, gratuitamente, serviços de beleza e orientações nas áreas da saúde. As atividades envolvem diversos profissionais da instituição e alunos, que vão atender ao público.

sexta-feira, 3 de março de 2017

Tribunal de Justiça suspende Lei Estadual 16.198/2016 que alterava limites territoriais de Juazeiro do Norte

O Tribunal de Justiça do Estado do Ceará concedeu, agora há pouco, decisão liminar, suspendendo a eficácia da Lei Estadual 16.198/2016, que alterava os limites territoriais do Município de Juazeiro do Norte - CE. A decisão foi julgada após a Procuradoria Geral do Município de Juazeiro do Norte entrar com uma Ação Direta de Inconstitucionalidade.
No dia 29 de dezembro de 2016, a Assembleia Legislativa do Estado do Ceará havia aprovado a lei n° 16.198, que refez os limites territoriais de diversos municípios no Estado do Ceará, dentre eles o de Juazeiro do Norte. Algumas áreas pertencentes à cidade, com a aprovação da lei, haviam passado a fazer parte dos municípios de Barbalha, Missão Velha, Caririaçu e Crato.
Com a decisão liminar tomada pelo Desembargador Haroldo Correia Máximo, do TJ/CE, está suspensa a eficácia da Lei Estadual 16.198/2016, que alterou os limites territoriais do município de Juazeiro do Norte/CE.
Coordenação de Comunicação
Prefeitura de Juazeiro do Norte

Geração de empregos nos pequenos negócios já supera expectativa de 2018

Segundo levantamento do Sebrae, com dados do Caged, em outubro foram criadas mais de 64,6 mil vagas de trabalho nas micro e pequenas empre...